8 de jun de 2015

Dicas sobre estacionamentos

Sério? Estacionamento?
Acredite, estacionar nos parques é um  exercício. De paciência, de resistência física, de lógica.
Ao contrário dos estacionamentos do Brasil, onde cada um faz o que bem entende, nos parques tudo - TUDO mesmo - foi pensado. Veja aqui nossas dicas.

1. Chegue cedo. O mais cedo possível.

Qunato mais cedo você chegar, mais perto da entrada você estaciona. E acredite - ao final de um longo dia de caminhada no parque, isso faz toda a diferença.
Além disso, quanto mais cedo você chega, menos fila você pega nas cabines de acesso. Veja o exemplo nessa foto ao lado: a diferença entre 8h20 e 12h20 é brutal.
Sem falar que, chegando cedo aos parques, as filas são bem menores, especialmente das atrações mais disputadas.

Dica: no Magic Kingdom, você tem um show de abertura do parque, logo na entrada. Dura 10 minutos e faz valer o esforço de chegar cedão.


2. Siga a fila - e as instruções.

Os estacionamentos são imensos (só para ter uma ideia, são 12 mil vagas no estacionamento do MK) e nem sempre é possível parar ao lado do trenzinho. As vagas nas fileiras devem ser preenchidas em sequência por 2 motivos: agilidade e segurança.
São milhares de carros chegando ao meso tempo e milhares de pessoas desembarcando dos automóveis e circulando no estacionamento.
Como falamos, tudo foi detalhadamente pensado para evitar problemas. Siga as instruções dos funcionários e tente não causar.
E tentar cortar a fila, dando uma de brasileiro, tá fora de cogitação.
De verdade, já vi tanta coisa cabeluda nesses estacionamentos que dá pra escrever um livro.


3. Tire uma foto

Depois do 3.o dia de parque, a chance de você não ter certeza de onde estacionou seu carro é muito grande. E, para piorar, você também não tem muita certeza como é o seu carro....
Chegando ao estacionamento, tire uma foto do nome da área em que você estacionou e a fileira (normalmente, um número) - igual a essa aqui do lado.
Conheci um casal que precisou ir para o hotel pegar o contrato de aluguel para saber qual a placa do carro que tinham alugado (estavam sem o chaveiro da locadora....) para então tentar localizar no estacionamento do parque. Transtorno geral.

Dica: especificamente no Magic Kingdom, você precisa saber se estacionou na área dos Vilões (Vilans) ou Heróis (Heroes). Cada área é atendida por uma linha de trenzinho (tram) diferente na volta.


4. Embarcando no tram (trenzinho)

Precisamos aceitar que o embarque no trenzinho é meio zoneado. É um salve-se quem puder e nem todos são cordiais - e digo isso também dos gringos, não só dos brasileiros.
Pessoas com dificuldades de deslocamento, idosos e pessoas com crianças de colo e carrinhos são as que mais sofrem. Nesse momento, você vai precisar ser esperto e correr para garantir seu lugar. Sim, todos vão embarcar e todos serão levados para a entrada - mas, de verdade, essa é a parte que mais incomoda num dia de parque.
Deixe a primeira fileira de cada vagão do trenzinho para pessoas com carrinhos - você não tem ideia o quanto é difícil enfiar um carrinho, mesmo que dobrado, nas fileiras mais estreitas!
E, se você tiver de bom humor, seja gentil com os demais passageiros e segure a portinha. :)


5. Não é barato

Não se iluda. Você pagou seu ingresso mas também vai precisar pagar o estacionamento. E não é barato - US$ 17 por dia. Considere isso no seu orçamento.
Caso você esteja hospedado nos hotéis da Disney (exceto Dolphin, Swan ou Shades of Green), seu estacionamento é gratuito. Basta apresentar seu registro como hóspede.

Dicas:
- se você for trocar de parque ao longo do dia ou se precisar sair e voltar, basta mostrar o comprovante em qualquer cabine que você não precisa pagar novamente. Você só paga 1 estacionamento por dia.
- nos parques aquáticos da Disney (Blizzard Beach and Typhoon Lagoon), o estacionamento é gratuito. :)


6. Segurança

Os estacionamento são seguros para circular tarde da noite e, caso você tenha qualquer problema (localizar seu carro, pneu furado, carro que não funciona, etc..), basta se dirigir a qualquer funcionário que eles prontamente te ajudarão.
Alguma pessoas, por questão de logística, eventualmente podem precisar ir com suas malas para o parque para depois irem para o aeroporto ou seguirem viagem. Bom, eu mesma já precisei recorrer a esse recurso. Tomei cuidado para não deixar as malas à vista, mais disfarçadas na base no porta-malas. Nunca ouvi qualquer ocorrência nos estacionamentos dos parques mas.... sabe como é.


7. Em outlets e shoppings

Evite de fazer viagens para seu carro para guardar suas compras. Se for o caso, compre uma mala grande e carregue tudo com você. Ouvi relatos de casos isolados de arrombamento de automóveis para roubo de compras - provavelmente, estavam de olho e acharam um incauto.
Evite ostentação - sacolinhas da Apple e Best Buy chamam a atenção - normalmente são produtos mais caros.
Eu pessoalmente nunca tive problemas mas acho que vale a dica.

Cuidado e atenção: nunca é demais!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...